São Paulo, 29 de agosto de 2022 – O Centro de Inovação Tecnológica da ICL em Cruz Alta (RS) foi credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como instituição de pesquisa no País. O credenciamento permite o uso dos resultados das pesquisas geradas no centro de inovação para o registro de novos fertilizantes, testes para viabilidade de fertilizantes via sementes e realização de bioensaios para registro de biofertilizantes.

De acordo com a lista de instituições de pesquisa privadas do MAPA, a empresa é a única que atua exclusivamente na área de Nutrição de Plantas a possuir centros de pesquisa cadastrados pelo ministério para pesquisa com fertilizantes. A empresa teve seu primeiro centro de inovação, em Iracemápolis (SP), credenciado em 2020. “Ter mais um centro credenciado como centro de pesquisa pelo MAPA permitirá à ICL ainda mais agilidade no desenvolvimento de tecnologias únicas e no seu lançamento ao mercado, contribuindo assim com o aumento na produção de alimentos de qualidade e com o abastecimento de famílias em diferentes países”, comemora Michel Castellani, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa. O credenciamento foi publicado no Diário Oficial da União, pela portaria 140/2022.

A ICL vem inovando constantemente por meio da inclusão de soluções inovadoras em seu portfólio. Atualmente, em torno de 40% de seu faturamento vêm de produtos lançados há menos de cinco anos. Suas pesquisas vêm sendo desenvolvidas nas seguintes áreas: eficiência de uso de nutrientes, mitigação de estresses, fertilidade do solo e agricultura digital. A empresa investiu no Brasil, em 2021, cerca de R$ 20 milhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos – globalmente foram US$ 64 milhões.

Sobre a ICL
A ICL é líder global que utiliza seus recursos exclusivos e capacidade tecnológica para desenvolver soluções impactantes em nutrição e fisiologia de plantas. Com mais de 12 mil funcionários em todo o mundo, 50 fábricas, 24 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento em 13 países, sendo 3 no Brasil, em 2021 alcançou uma receita de US$ 6,95 bilhões. Na América do Sul, a empresa controla as marcas ICL, Aminoagro, Dimicron e Maximus.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA

Connectare Comunicação:

Cláudia Santos – claudia@connectarecomunicacao.com.br  – (11) 97663-4001
Flávia Tavares – flavia@connectarecomunicacao.com.br – + 1 (872) 801-3557

Compartilhe nas redes sociais