ICL apresenta resultados de pesquisas realizadas com a Fundação ABC

São Paulo, 16 de fevereiro de 2022 – A ICL, líder global que utiliza seus recursos exclusivos e capacidade tecnológica para desenvolver soluções impactantes em nutrição e fisiologia de plantas, apresentará no 25º Show Tecnológico Verão, em 23 e 24 de fevereiro, em Ponta Grossa (PR), resultados de pesquisas realizadas nos últimos anos com a Fundação ABC para as culturas da soja, cevada e feijão.

Dentre elas estão as efetuadas com as tecnologias Sulfurgran B-Max (fornecimento de Enxofre e Boro para as culturas da soja e cevada), Polyblen (nitrogênio de liberação gradual para as culturas de milho, feijão e trigo), NutriDuo (melhora na eficiência do enchimento de grãos da cultura da soja) e a linha Kellus (micronutrientes de alta eficiência e compatibilidade para aplicação foliar).

O engenheiro agrônomo João Turok, consultor de Desenvolvimento de Mercado da ICL,

afirma que há muitos obstáculos a serem superados quando nos referimos à fertilidade do solo e existem dois elementos essenciais para as plantas que há muitos anos vêm sendo esquecidos na adubação: Enxofre (S) e Boro (B). “A maioria dos solos no País é deficiente nesses dois nutrientes e nas culturas da soja, milho e feijão as respostas são positivas para adubação. Com Sulfurgran B-Max, por exemplo, aumentamos a produtividade da soja e da cevada em todas as doses utilizadas”, informa.

Na sucessão cevada / soja, o objetivo da pesquisa foi avaliar o efeito do fornecimento de S (Enxofre) e B (Boro) por meio de Sulfurgran B-MAX na produtividade das culturas: cevada primeiro cultivo após a aplicação do produto e soja segundo cultivo (respondendo ao efeito residual), na região de Arapoti (PR), na safra 20/21. “Tivemos um acréscimo de seis sacas por hectare na cevada e 2,83 sacas por hectare na soja”, comemora Turok.

Segundo ele, também foram avaliados os acréscimos nos teores de Enxofre e Boro no solo (camada 0-20 cm) 11 meses após a aplicação de Sulfurgran B-Max. “O teor de Enxofre aumentou praticamente 4 vezes e o teor de Boro 3 vezes em relação ao tratamento sem a aplicação do fertilizante, o que mostra a eficiência de fornecimento e de correção de solo do Sulfurgran B-MAX.”

Com o feijão, outra cultura avaliada, o objetivo foi avaliar os efeitos de Polyblen na produtividade da cultura na safrinha 2021 na região de Itaberá (SP). “A produtividade foi de 2,5 sacas por hectares a mais”, revela o engenheiro agrônomo.

Tecnologias variadas
Voltado às culturas do milho e soja, Sulfurgran B-MAX é um fertilizante de solo composto por Enxofre e Boro, que permite aumentar os teores destes nutrientes no solo com em uma única aplicação de baixa dosagem. O seu formato pastilhado possibilita uma distribuição uniforme mesmo em diferentes tipos de aplicação. Em contato com a umidade no solo, sua tecnologia inovadora disponibiliza naturalmente o Enxofre e o Boro de forma gradual. Dentre os benefícios estão maior eficiência de aplicação, liberação gradual de Enxofre e Boro e consistência de resultados no campo. Traz alto rendimento operacional e minimiza as perdas por lixiviação.

A linha de fertilizantes Polyblen foi desenvolvida para atender às condições específicas dos solos brasileiros e suprir as necessidades da sua cultura durante todo o ciclo, por meio da liberação gradual dos nutrientes, dentre eles Nitrogênio e Potássio. A sua superioridade é ratificada por renomadas instituições de pesquisas brasileiras. Dentre os benefícios estão a aplicação no sulco de plantio de nutrientes disponíveis durante todo o ciclo da cultura, suprindo a demanda nutricional da planta sem a necessidade de aplicação do nitrogênio em cobertura, maior desenvolvimento do sistema radicular e maior tolerância aos estresses. Além disso, mantém a correta dosagem durante a aplicação, maior eficiência em utilização pelas plantas quando comparado a adubos convencionais, sem risco de mela, livre de entupimento do sistema e evitando a manutenção do maquinário e, após todos esses benefícios, haverá reflexos como a maior produtividade.

NutriDuo é uma tecnologia em nutrição de plantas voltada para a fase de enchimento de grãos, que tem o Selênio associado a outros minerais, tais como Zinco, Magnésio e Potássio, em aplicação foliar. A tecnologia combate o estresse oxidativo o que agrega no desempenho das culturas (maior tolerância a estresses e potencial produtivo). Além disso, contribui para a qualidade de vida das pessoas porque ao mesmo tempo promove a biofortificação, já que, ao consumirem esses alimentos biofortificados, elas ingerem os minerais neles disponíveis, suprindo parte de sua demanda diária destes nutrientes, que são deficitários em grande parte da população mundial.

Kellus é uma tecnologia exclusiva da ICL que garante um fornecimento eficiente de micronutrientes via folha e com 100% de compatibilidade nas misturas realizadas a campo, trazendo tranquilidade e segurança ao produtor. Mantém as plantas nos mais altos níveis de rendimento reduz os efeitos causados pelos diversos estresses que ocorrem durante o ciclo das culturas, gerando maior aproveitamento da fotossíntese e energia.

 

Serviço
Data: 23 e 24 de fevereiro
Horário: 8h às 17h
Local: Rodovia PR 151 km 315 S/N, Ponta Grossa (PR)

 

Sobre a ICL

A ICL é líder global em minerais especiais com mais de 12 mil funcionários em todo o mundo, 48 fábricas, 18 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento em 13 países, sendo 3 no Brasil e receita em 2020 de aproximadamente US$ 5,0 bilhões. Na América do Sul, a empresa controla a ICL América do Sul, ICL Brasil e Fertiláqua.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Connectare Comunicação
Cláudia Santos – claudia@connectarecomunicacao.com.br – (11) 97663-4001
Flávia Tavares – flavia@connectarecomunicacao.com.br – (11) 99659-9358

Compartilhe nas redes sociais