Com concentração equilibrada, o fertilizante multinutriente pode ser usado em várias culturas, como soja, café, eucalipto, HF, tomate, cenoura, batata e alho, entre outras 

São Paulo, 20 de setembro de 2022 – A ICL, líder global que utiliza seus recursos exclusivos e capacidade tecnológica para desenvolver soluções impactantes em nutrição e fisiologia de plantas, lança no Brasil Phusion Poly, fertilizante fosfatado para solo que, em um único grânulo, traz nove nutrientes – fósforo, potássio, cálcio, enxofre, magnésio, boro, zinco, cobre e manganês –, atendendo à demanda nutricional da cultura. “Com Phusion Poly, o agricultor pode nutrir sua lavoura de forma equilibrada, atendendo à demanda da cultura, e deixando-a mais uniforme e homogênea”, informa Thiago Sylvestre, gerente de Produtos da Linha de Fertilizantes de Solo da ICL.
Phusion Poly conta com as quatro tecnologias já presentes na linha Phusion, que são NutriFull, PhisioAction, ProlongMax e Maxxi-Phós. Com elas, promove-se melhor desenvolvimento no sistema radicular, aumentando a eficiência do uso do fósforo. Com grânulos uniformes, que não formam pó, Phusion Poly facilita também o trabalho operacional do produtor, por adicionar ao solo nove nutrientes em uma única aplicação, com precisão, melhor fluidez e maiores produtividades e melhor qualidade.
“Com Phusion Poly, ofertamos aos agricultores uma tecnologia que, além de todos os benefícios já conhecidos da linha Phusion, ainda tenha potássio, cálcio e magnésio no mesmo grânulo, para facilitar o manejo dos produtores que têm a necessidade desses nutrientes”, informa Sylvestre.

Centros de Inovação
A ICL conduz vários ensaios em seus centros de inovação em Iracemápolis (SP) e Cruz alta (RS), credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como instituições de pesquisa do País. O credenciamento permite o uso dos resultados das pesquisas geradas no centro de inovação para o registro de novos produtos. De acordo com a lista de instituições privadas de pesquisa do MAPA, a empresa é a única que atua exclusivamente na área de Nutrição e Fisiologia de Plantas a possuir um centro de pesquisa credenciado.
A empresa investe globalmente U$ 64 milhões no mundo em pesquisa e desenvolvimento. No Brasil, foram R$ 20 milhões em 2021, o que solidifica sua posição como uma das empresas mais inovadoras e tecnológicas do setor. Nos últimos cinco anos, lançou 21 produtos, tem uma série de pedidos de patentes depositados e uma contribuição expressiva para a geração de tecnologias que agreguem na produção agrícola de Norte a Sul do Brasil, com foco no melhor uso de nutrientes para a agricultura tropical aliado à sustentabilidade.

Sobre a ICL
A ICL é líder global que utiliza seus recursos exclusivos e capacidade tecnológica para desenvolver soluções impactantes em nutrição e fisiologia de plantas. Com mais de 12 mil funcionários em todo o mundo, 50 fábricas, 24 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento em 13 países, sendo 3 no Brasil, em 2021 alcançou uma receita de US$ 6,95 bilhões. Na América do Sul, a empresa controla as marcas ICL, Aminoagro, Dimicron e Maximus. 

INFORMAÇÕES À IMPRENSA
Connectare Comunicação:
Cláudia Santos – claudia@connectarecomunicacao.com.br  – (11) 97663-4001
Flávia Tavares – flavia@connectarecomunicacao.com.br – + 1 (872) 801-3557

Compartilhe nas redes sociais